Foto: Divulgação PMI

Vereadores realizaram nesta terça-feira (5) a primeira sessão do ano e agora com novidade: uma intérprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais).

Na Ordem do Dia, nenhum Projeto de Lei, apenas indicações e requerimentos. O primeiro requerimento de 2019 é questionando a Prefeitura sobre recapeamento de rua no bairro Guacuri, de autoria do vereador Edicarlos Candiani Luna.

Na sequência, os vereadores discutiram requerimento de autoria de Ezequiel Alves de Oliveira, também direcionada à Prefeitura, solicitando Relação atualizada de credores, empenhos a pagar e pendências trabalhistas da Prefeitura.

Já o vereador Jota Júnior, em seu requerimento, questionou a Prefeitura sobre manutenção de veículos oficiais e de coletes balísticos da Guarda Civil Municipal.

A taxa de lixo foi levada à pauta por Eri Campos que quer explicações da Prefeitura sobre o critério para reajuste.

O vereador Jota Júnior ainda colocou em discussão a Intervenção no Hospital de Itupeva e falta de medicamentos, questionando a Prefeitura através de requerimento.

Prefeito vai à sessão e respostas aos vereadores será em 30 dias

O prefeito Marcão Marchi, o vice-prefeito e Secretário de Governo, Alexandre Mustafa, e a primeira-dama, Dani Marchi, estiveram na sessão. Ao final dos trabalhos dos vereadores, o chefe do Executivo discursou e destacou o trabalho que vem realizando para o desenvolvimento do município e a busca por recursos para fazer melhorias em todos os setores.

Mas os assuntos abordados pelos vereadores em seus requerimentos não foram explicados pelo Prefeito. Vale lembrar que a Prefeitura tem 30 dias para responder os questionamentos, conforme o Item IX do Art. 6º da Lei Orgânica do Município de Itupeva.

Todos os requerimentos foram aprovados pelos vereadores e podem ser consultados no site da Câmara . A sessão completa pode ser vista pelo canal da Câmara no YouTube.

Os vereadores voltam a se reunir na próxima semana, na terça-feira (12), às 10 horas, em audiência pública. Na oportunidade, será discutido o Projeto de Lei Complementar nº 503, que dispõe da transformação de área rural para urbana e incorporação ao perímetro urbano de áreas de terras no município. O projeto completo pode ser consultado clicando neste link

A audiência pública é aberta a população e pode ser acompanhada ao vivo pelo Youtube.

Deixe seu comentário

Escreva seu comentário
Escreva seu nome